Act NOW! Buy Online, Save Big! Save up to 20% on all online purchases! + BoGo! Ends in June!

Migração e centro de atualizações

Recursos de upgrade e migração para Delphi, C++Builder e RAD Studio

Ajudando você a passar pela migração

Nos dias de hoje, Delphi e C++Builder são usados para criar aplicativos de alta qualidade usados por milhões de usuários em todo o mundo. Conforme Delphi/C++Builder evoluíram (com novos recursos e componentes de linguagem), houve uma grande importância para a retrocompatibilidade a fim de possibilitar a programação apenas para abrir e compilar em novas versões. Apesar de possuir algumas das melhores características de retrocompatibilidade do mercado, algumas mudanças exigiram grandes alterações (por exemplo, a migração para Unicode).

O Centro de upgrade e migração está aqui para lhe ajudar a realizar a transição de edições mais antigas.

Resumindo: Seu código-fonte e formulários vão importar, compilar e executar nas versões atuais do Delphi/C++Builder, mas você pode precisar recompilar bibliotecas de terceiros, fazer alterações de Unicode e alterar componentes de acesso de dados se aplicável.

"Se não modernizar seu aplicativo, você pode sumir do mapa mais rápido do que imagina"

Fortune 100 Company

Unicode

O suporte ao Unicode foi adicionado ao RAD Studio, Delphi e C++Builder a partir da versão de 2009. Muitos recursos de migração foram desenvolvidos nessa época, mas ainda são usados hoje no caso do upgrade de uma versão anterior ao uso do Unicode (2007 ou anterior).

O Delphi tornou a migração de décadas relativamente simples; no entanto, isso não significa que é sempre fácil e o Unicode é uma área que pode exigir certa atenção.

Para começar, boas notícias: há muitos casos de aplicativos Delphi de legado que são convertidos para a versão atual do Delphi com poucas ou nenhuma modificação. Se estiver trabalhando principalmente com componentes VCL (cujo suporte para Unicode na maioria dos casos foi levado em conta cuidadosamente), ou componentes de terceiros que possam ter reservado tempo para compreender as implicações do suporte para Unicode, você está em vantagem.

Não entre em pânico se você usa "milhões de strings" em seu aplicativo, isso NÃO significa que você precisará mudar algum código

Visão geral técnica do Unicode

O que determina a necessidade de alterações no Unicode é como você usa as strings e para quais finalidades. Se não estiver realizando muitas atividades de processamento de texto ou manipulações e se limitar a operações de strings padrão, muito provavelmente seu código vai funcionar. Além disso, simplesmente ter muitas strings literais em seu código também não significa que você precisa fazer alterações no código. O mais comum que você precisa ficar atento é a entrada/saída de arquivos e a interface com DDLs e/ou bibliotecas externas que não são Delphi.

Recursos Unicode

Para começar, confira esses ótimos white papers, artigos técnicos, vídeos e ferramentas de migração para ajudá-lo com o Delphi e a migração para Unicode:

delphi and unicode

Delphi e Unicode Esse white paper foi elaborado para ajudar desenvolvedores que usam versões do Delphi ou RAD Studio disponíveis antes do lançamento do Delphi 2009. Leia esse documento se estiver em busca de mais informações sobre porque e como ativar um banco de códigos Unicode que foi desenvolvido usando uma versão antes do Unicode.

Baixe o white paper grátis agora mesmo


White Paper: Delphi Unicode Migration for Mere Mortals

Histórias e conselhos da linha de frente

Não importa se você está nas etapas iniciais do planejamento de migração de um aplicativo atual para RAD Studio com Unicode, ou no meio do processo: o Migração do Delphi Unicode para meros mortais pode ajudá-lo. Elaborado com a ajuda de diversos líderes da comunidade do RAD Studio, esse white paper fornece técnicas valiosas e orientação que vão facilitar sua vida.

Baixe o white paper grátis agora mesmo


Webinar: Migrating Legacy Applications to Unicode-enabled Delphi (Migrando aplicativos de legado para Delphi em Unicode) com Cary Jensen

Cary Jensen trabalhou com desenvolvedores do Delphi em todo o mundo (incluindo autores de renome, os principais fornecedores e desenvolvedores de linha de frente) para aprender como realizavam suas conversões de Unicode, que desafios enfrentaram e que soluções empregaram. Conheça as boas práticas para migração para o Unicode nesse webinar informativo.


Migrating your legacy C++Builder applications to unicode
(Migração de aplicativos de C++Builder de legado para Unicode)


Blog em destaque

Página de Unicode do Dr. Bob e 8 dicas do Unicode – Trata do formato do Unicode e diferentes tipos de strings


DocWiki

Artigo de Unicode popular na documentação on-line no DocWiki discute o "Unicode no RAD Studio"


Ferramenta de estatística de Unicode

Use a Ferramenta de estatística de Unicode sobre seu aplicativo Delphi e verifique se são necessárias alterações.

Essa Ferramenta de estatística de Unicode vai ajudá-lo a coletar dados úteis sobre o tempo e esforço necessário para migrar seus aplicativos Delphi para Unicode.

A ferramenta avalia seu código e informa onde e o que você provavelmente precisará mudar. Isso vai lhe garantir no mínimo uma estimativa de quantas linhas precisam ser analisadas.

OBSERVAÇÃO: A Ferramenta de estatística Unicode não sabe se alguma de suas linhas de código de fato precisa ser modificada ou substituída. Ela lhe informa se você tem no mínimo algumas linhas que devem ser conferidas. Pode ser que nenhuma linha precise ser alterada. Tudo depende de como você utiliza strings e caracteres em seu aplicativo.

O resultado é o Delphi 100% Unicode. A migraçao é simples, a Biblioteca de componentes visuais (VCL) e o compilador processam muitas coisas.

A ferramenta lista todas as unidades usadas, incluindo unidades Delphi (e quantas vezes cada uma foi usada), número de arquivos, número de linhas e o número de instâncias de string, leitura, gravação, tamanho, etc.


Blog em destaque

Migrating your project from older versions of Delphi. The Pitfalls
(Migrando seu projeto de versões mais antigas do Delphi. As armadilhas)
Craig Chapman discute diversos temas de migração, incluindo

  • Migração entre plataformas
  • Windows 64 bit
  • Migração Unicode

Migração para 64 bits

Desde o Delphi XE2, foi possível gerar aplicativos Delphi de 64 bits a partir do mesmo banco de códigos que seu código Delphi tradicional de Windows 32 bits. O caso de negócios para 64 bits em empresas é tratado nesse documento técnico, com o título The Impact of 64-bit Applications to your Company’s Bottom Line (O impacto de aplicativos de 64 bits nos resultados de sua empresa)

No geral, migrar para 64 bits (tanto no Windows quanto no iOS) é tarefa bem simples. Pode ser tão simples quanto adicionar a plataforma-alvo de 64 bits no gerente de projetos e redesenvolver o projeto. Esse é um enorme benefício em relação a outras linguagens que precisam de diferentes tipos declarados para resolver a diferença entre as duas plataformas.

Recursos de 64 bits

Desenvolvendo aplicativos de 64 bits com Delphi

Visão geral de como desenvolver aplicativos 64 bits no Delphi com esse tutorial rápido.


[7m16sec]

Blog em destaque

Código Delphi de 64 bits por Stephen Ball, tratando do que é idêntico, o que é diferente, predefinir opções de compilador condicional e uso de código de assembler.
Código de 64 bits Delphi


Migrações de banco de dados e middleware


Migração de mecanismo de banco de dados Borland (BDE) ou DBExpress

O mecanismo de banco de dados Borland (BDE) saiu de linha e, começando com a versão X8E, foi removido da instalação do Delphi, estando ainda disponível como um download complementar na Code Central. Recomenda-se que todos os aplicativos que usam BDE sejam migrados para o FireDAC. Se você é novo nos componentes de acesso de dados FireDAC, comece aqui e acesse os links de primeiros passos e instruções iniciais.

O dbExpress também está no modo somente manutenção e os usuários devem buscar realizar a migração para o FireDAC, que oferece mais bancos de dados, é mais rápido e proporciona mais recursos.

Recursos de bancos de dados

FireDAC Skill Sprints - Migrating BDE applications to FireDAC and InterBase (Migração de aplicativos de BDE para FireDAC e InterBase) - David I


Ferramenta de RAD Studio em destaque - reFind

Usando a reFind, é possível converter seu código automaticamente de BDE para FireDAC, incluindo atualização de cláusulas de uso e definições de campo.

DocWiki | Blog


DocWiki sobre migração de dbExpres para FireDAC

Esse artigo oferece um tutorial que mostra como migrar um aplicativo de servidor-cliente simples usando componentes de acesso de dados do dbExpress, como TSQLConnection, TSQLQuery e TSQLTable para o FireDAC
DocWiki


Delphi Parser

Uma alternativa para o reFind, uma edição de avaliação grátis do Assistente de script de migração automática para conversão de códigos BDE Delphi de legado para FireDAC
Ferramenta de migração de analisador Delphi BDE para FireDAC


O Dicas de habilidades FireDAC é uma série de 12 vídeos de 20 minutos cada que lhe ensinam recursos avançados do FireDAC

Lista de reprodução de vídeos completa.


Migrando componentes/bibliotecas de terceiros

Que bibliotecas (componentes) de terceiros você está usando em seu Delphi anterior?

Os plug-ins (bibliotecas) de terceiros precisam ser redesenvolvidos na versão atual do Delphi. Contar com o código-fonte facilita seu trabalho. Você precisará recompilar seus componentes/bibliotecas de terceiros de versões antigas do Delphi para a versão atual do Delphi 10.1 para que eles possam ser usados nos projetos atuais.

Todos os componentes/bibliotecas de terceiros sem o código-fonte podem precisar de versões atualizadas para a versão atual do Delphi 10.1.

Acesse esse link para obter alguns componentes de terceiros disponíveis com o RAD Studio pesquisar por todas as ferramentas e componentes no Diretório de parceiros de tecnologia da Embarcadero.

O Delphi atual inclui o novo Getit Package Manager que permite que você explore, baixe, compre e instale pacotes GetIt à versão atual do Delphi. O GetIt inclui atualmente 31 dos pacotes grátis populares, como bibliotecas, componentes, extensões IDE e kits de desenvolvimento de software como componentes Open Source “TurboPack”, biblioteca de componentes visuais JEDI e afins - com certificação de funcionar na versão atual do Delphi!

10 dicas para o sucesso de seu aplicativo móvel

  • Monetize seu aplicativo usando anúncios e pagamentos no aplicativo

    Anúncios são uma boa maneira de monetizar seus aplicativos. Use os anúncios de área intersticial em tela cheia como o início de seu aplicativo e em pontos de parada naturais. Integre anúncios de placar (320x50) no cabeçalho ou rodapé, onde mais seja relevante para sua interface. A AppBrain Stats oferece uma lista das redes de anúncios mais populares, incluindo Admob, Millennial Media, InMobi, Chartboost, Tapjoy e muitas outras. Adicione pagamentos no aplicativo para consumíveis, compras únicas e receita baseada em assinaturas. Ofereça uma versão paga sem anúncios e uma versão grátis de seu aplicativo. Forneça uma maneira para desativar anúncios na versão grátis através da compra do aplicativo.

  • Proteja as conexões de dados de seu aplicativo com SSL

    Usuários de aparelhos móveis estão mais móveis do que nunca atualmente, e mudam de pontos de acesso sem fio seguros para 4G até pontos sem fio desprotegidos diversas vezes por dia. Se quiser manter os dados de seus usuários protegidos contra os olhos famintos de qualquer um que use um farejador de pacotes de rede, você deve implementar uma criptografia padrão de indústria, como TLS/SSL (Transport Layer Security/Secure Sockets Layer). O segredo é usar uma biblioteca de terceiros boa e comprovada.

  • Incentive os usuários a avaliar seu aplicativo

    Uma boa classificação nas diversas lojas de aplicativos é mais importante do que nunca. Normalmente, só as pessoas que querem uma baixa classificação de seu aplicativo acessam as páginas de avaliação da loja, fazendo com que sua pontuação baixe. Você pode incentivar os usuários que adoram seu aplicativo a avaliá-lo ao apontar a direção certa. A terceira vez que um usuário utilizar seu aplicativo é um bom momento para solicitar que ele visite a página de classificação de seu aplicativo na loja de sua escolha.

  • Crie e implemente ícones para seu aplicativo

    Ter um ícone com bom visual é primordial para aumentar sua chance de sucesso nas lojas de aplicativos. Há mais de 30 tamanhos de ícones diferentes que você precisa criar e implementar para aplicativos Android e iOS. Esse pode ser um grande trabalho para criar todos os ícones necessários. Há utilitários disponíveis que podem ajudá-lo a fazer isso, como o Mobile Gfx Setup, Paint.net e o Adobe Flash CC é um programa do Windows comercial mais avançado que acompanha um período grátis no qual você pode criar e exportar ícones com grande facilidade.

  • Cuide de eventos de ciclo de vida de ativação e desativação de aplicativo

    Depois de contar com todos os recursos em seu aplicativo, seu trabalho ainda não terminou. Uma razão pela qual alguns aplicativos alcançam o sucesso e outros não é o cuidado que alguns recebem. Há eventos no Android e no iOS que vão informar quando ele é ativo ou quando vai para segundo plano. Você deve localizar e processar esses eventos para que seu aplicativo ofereça uma ótima experiência de usuário. Teste e processe todas as diversas ações em seu aplicativo, como entrar no modo de descanso e sair, ou pressionar ou botão Voltar.

  • Não fique no escuro. Adicione analíticos ao seu aplicativo

    Implementar analíticos usando bibliotecas de terceiros diversas, como Google Analytics, Flurry Analytics, GameAnalytics e Parse Analytics, para citar algumas. Os provedores de serviços de analíticos possuem seus próprios SDKs Android, iOS e REST que você pode integrar. Acompanhe pontos de dados importantes, como por quanto tempo um usuário usa seu aplicativo, que telas ele mais utiliza e onde ele pode ficar perdido ou sair de seu aplicativo. O mais importante de tudo é responder às informações fornecidas pelos analíticos. Repita e teste. Repita e teste.

  • Configure notificações por push

    As notificações por push são um mecanismo importante para manter os usuários envolvidos com seu aplicativo. Tente encontrar um equilíbrio entre enviar muitas e não enviar um número suficiente de notificações por push para manter os usuários envolvidos. As notificações por push para Android estão disponíveis através do Google Cloud Messaging. As notificações por push para iOS estão disponíveis através do Apple Push Notification Service. Implementar notificações por push pode ser difícil, mas provedores terceirizados, como Parse, PushWoosh e Upsight (ex-Playhaven) facilitam sua vida.

  • Use threads para manter a responsividade de seu aplicativo

    Os threads permitem que você execute procedimentos de execução longa em um processo separado. Use threads em qualquer área onde seu aplicativo bloquearia comandos de usuário, como upload e download de arquivos, processamento de informações ou carregamento de dados. Se seu aplicativo aparecer travado, os usuários podem sair e procurar outro. Se um usuário estiver em uma tela aguardando que algo aconteça, pense em como você pode reprogramar seu aplicativo para que o evento que ele espera seja executado em segundo plano.

  • Verifique a conectividade de rede antes de tentar se conectar

    A conectividade de dispositivos móveis não é 100% confiável. Se seu aplicativo precisa de acesso à Internet, você precisa lidar da situação quando a conectividade não estiver disponível. Uso de sistemas de fila para enviar e baixar dados. Implemente a continuação de download de arquivos onde possível. Pode ser uma boa ideia implementar um modo off-line onde recursos exclusivos com conectividade são desativados enquanto a conexão está indisponível.

  • Otimize nome, descrição e distribuição do seu aplicativo

    Escolha um nome funcional, descritivo ou único (ou ainda uma combinação) para ajudar no sucesso de seu aplicativo. Fique longe de nomes de marcas registradas. Uma boa descrição que adianta o que seu aplicativo faz, quem são seus concorrentes e que tecnologias você usou para desenvolvê-lo pode ajudar usuários a encontrar seu aplicativo. Desenvolver o aplicativo é apenas o início. A distribuição e também essencial para um aplicativo de sucesso, então lembre-se de, se seu aplicativo está disponível para Android e iOS, mobilizá-lo para as maiores lojas, como Google Play, Apple App Store, Amazon Appstore e Samsung Apps. Toda loja de aplicativo possui suas próprias diretrizes e processos de envio, mas os usuários extras que você conquista valem a pena. Você pode encontrar seu nicho na Amazon Appstore ou Samsung Apps.